Seguidores

10 de jan de 2011

Dicas ecologicamente corretas para construção da sua casa

Na hora de construir ou reformar

1- Use tijolo de solo-cimento (Ecológico)

O processo de secagem ao sol confere a este produto o título de tijolo ecológico. Sem precisar ir ao forno, o uso deste tijolo em construções de casas médias poupam a queima de 60 árvores. Apesar do preço do milheiro do ecológico ser superior ao tijolo tradicional ainda é compensador devido a redução de gastos com cimento, madeira e, em muitos casos, massa corrida.

2- Use madeira com certificação de origem

Compre apenas madeira com o selo que confere ao produto a extração sem a degradação de solo e o ambiente do local onde foi retirada.

Em média este tipo de madeira custa 15% mais do que a madeira sem certificação de origem. Vale lembrar que não há diferença entre os dois tipos de madeira em termos de qualidade.

Na hora de construir ou reformar

3- Tenha um sistema de energia solar para aquecer a água

A instalação de um sistema de energia solar numa residência possibilita a redução de pelo menos 30% de energia elétrica. Em média, o investimento neste tipo de equipamento é recuperado em dois anos de economia na conta de luz .

4- Instale um sistema de captação de água de chuva

A captação de água da chuva pode ser o seu maior aliado no futuro, cujas previsões são sombrias para o abastecimento de água. Outra vantagem é a economia na conta de água.

5- Instale uma estação doméstica de tratamento de esgoto

Este tipo de estação permite a reutilização da água para tarefas que não exijam água límpida como é o caso de limpeza do quintal e lavagem de veículos. A estação é um tipo de sistema mais caro se comparado com o de captação de água da chuva. De acordo com os especialistas, se tiver que escolher, escolha o que armazena água da chuva.

No dia-a-dia

6- Use lâmpada fluorescente

Além de durar 10 vezes mais que uma lâmpada incandescente, a fluorescente consome 80% menos energia. Apesar de custar em torno de seis vezes mais que uma lâmpada comum, ainda compensa devido a sua alta durabilidade.

7- Feche a torneira ao lavar a louça

A recomendação é ensaboar toda a louça primeiro e somente abrir a torneira para enxaguá-la. Saiba que 15 minutos de torneira aberta corresponde a mais de 240 litros de água. A mesma economia também pode ocorrer com o fechamento da torneira ao escovar os dentes e ensaboar o corpo no hora do banho. Outra dica é instalar arejadores nas torneiras da cozinha e dos banheiros, são baratos e podem gerar uma economia de 60%.

8 - Separe o lixo orgânico do reciclável

Na cozinha, vale ter dois lixos, uma para depositar os restos de comidas e outra

para o lixo que não é lixo como plásticos, papéis, metais e vidros. Esta simples atitude reduz a sobrecarga nos aterros sanitários além de reduzir o consumo de matéria-prima nas indústrias.

9- Use sacolas retornáveis na hora das compras

Leve a sua própria embalagem de casa. Não traga para sua casa sacolas plásticas do supermercados ou feiras.

10- Dê preferência a eletrodomésticos com selo Procel

O Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) foi criado pelo governo para ajudar o consumidor a escolher produtos que oferecem alta eficiência energética.

11- Prefira produtos naturais

Todo produto industrializado exige , em sua fabricação, o consumo de grandes quantidades de energia. Isto implica na emissão de toneladas de CO2 na atmosfera. Pense nisso.

12 - Plante árvores e plantas

As árvores tem o poder de "sequestrar" o carbono da atmosfera. Plante quantas unidades puder seja no quintal de sua casa, em vasos, na praça próxima de sua casa ou trabalho.
Postar um comentário