Seguidores

24 de jun de 2008

Em debate em Bali reciclagem de lixo eletronico

A eliminação ecológica do lixo electrónico (e-waste) no Mundo, sobretudo a reciclagem de telefones celulares e computadores, são alguns dos principais assuntos em debate numa conferência internacional sobre resíduos perigosos, que começou esta segunda-feira em Bali, Indonésia.

Especialistas de cerca de 170 países reúnem-se até sábado na capital indonésia para encontrar meios mais eficientes para remover as carcaças dos electrónicos, no Mundo e analisar a criação de novas leis que abranjam a eliminação ecológica de celulares e computadores, cujo tratamento incorrecto tem fortes impactos sobre a saúde humana e o ambiente.

Durante a 9ª Conferência das Partes da Convenção da Basileia sobre o Controle dos Movimentos Transfronteiriços dos Resíduos Perigosos e Sua Eliminação, procurar-se-á também «aumentar a atual proibição de exportação de lixo tóxico para países em desenvolvimento que não tenham infra-estruturas necessárias ou conhecimentos» para realizar um tratamento ecológico desses detritos, segundo a organização do evento.

O principal objectivo da Convenção de Basileia é contribuir para a protecção do ambiente e saúde pública no domínio dos resíduos através de um controlo mais rigoroso dos movimento transfronteiriços dessas substancias, e através da sua gestão ecologicamente correcta em aplicação do princípio de que os resíduos devem ser eliminados no país onde são produzidos.

Esta Convenção foi ratificada por sessenta países, incluindo Portugal, (Estados Unidos, Canadá e Austrália ainda não assinaram) e reflete a resposta da comunidade internacional ao problema causado pela produção mundial anual estimada de 400 milhões de toneladas de resíduos tóxicos, corrosivos, explosivos, inflamáveis, eco-tóxicos ou infectados.
Postar um comentário