Seguidores

20 de dez de 2007

PR investe R$ 5,5 milhões em ações ambientais no litoral

Paria de Caioba

Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos vai fiscalizar e coordenar todos os trabalhos para garantir a limpeza das praias
Investimentos incluem limpeza das praias monitoramento da qualidade da água para banhos

Para garantir a temporada tranqüila e o Litoral do Paraná preservado para as futuras gerações, o Governo do Paraná vai investir R$ 5,5 milhões para desenvolver ações ambientais durante a temporada de verão. A Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos vai fiscalizar e coordenar todos os trabalhos para garantir a limpeza das praias, evitar danos contra a fauna e a flora e o monitorar a qualidade da água para banho nas praias.

O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Rasca Rodrigues, informou que as ações integradas dos órgãos ambientais vão garantir uma temporada com investimentos que vão beneficiar a todos.

Serão investidos R$ 150 mil para realizar na areia sessões de cinema e teatro, que vão tratar de temas ambientais e estimular atitudes de consumo consciente. Os filmes serão exibidos de terça a domingo, a partir das 21h. Serão 26 sessões. As peças, produzidas por alunos de nove escolas estaduais, serão apresentadas de terça a domingo, a partir de 3 de janeiro, a partir das 9h30. A coordenadoria de Educação Ambiental da Secretaria vai levar oficinas de desenvolvimento sustentável às comunidades das ilhas do Litoral.

Cerca de R$ 670 mil serão investidos nos projetos de fiscalização do Instituto Ambiental do Paraná. São ações como a Operação Sossego, que fiscaliza o nível de poluição sonora em estabelecimentos comerciais. Além disso, o IAP continuará a promover "blitzes" de fiscalização contra a pesca predatória em mar aberto. A idéia é evitar que barcos pesqueiros de outros Estados promovam a pesca com redes de arrasto, destruindo espécies marinhas.

O programa "Nossa Praia É Limpeza" vai estimular a separação dos resíduos durante a Operação Verão. Quarenta pessoas vão trabalhar na distribuição de sacolas biodegradáveis para a coleta de material reciclável. O material coletado será encaminhado a associações e cooperativas de catadores.

Toda quinta-feira o IAP vai divulgar o relatório de balneabilidade, que avalia a qualidade das águas do mar. O monitoramento é feito durante o ano todo e o trabalho é intensificado durante a temporada. "Além disso, reforçaremos o atendimento aos veranistas e visitantes que optarem por conhecer ou descansar na Ilha do Mel. Contratamos 74 pessoas, todos moradores locais, que atuarão nos serviços de informações ao turista, educação ambiental aos visitantes, fiscalização da entrada de animais e contagem de visitantes na ilha, fiscalização de poluição sonora, coleta de lixo, limpeza de trilhas e informações sobre balneabilidade", diz o presidente do IAP, Vitor Hugo Burko.

Também serão investidos R$ 4,5 milhões para promover a coleta seletiva do lixo nos municípios do Litoral. Serão 350 novas lixeiras, 40 caminhões que recolhem os lixos nas ruas e mais 24 compactadores que coletam os resíduos das residências. Além disso, a Suderhsa conta com o apoio de mais 20 caminhões que fazem o suporte da limpeza das vias públicas e das praias. Três caminhões-baú de empresas contratadas pela Suderhsa vão recolher materiais recicláveis. "Para evitar enchentes, a Suderhsa vai continuar promovendo obras de drenagem no Litoral. Isto facilita o fluxo das águas e impede alagamentos", destaca o presidente da Suderhsa, Darci Deitos, que coordenará as ações.


Redação Bonde
Postar um comentário