Seguidores

29 de nov de 2007

Energia renovável:o futuro da Terra

foto:E.P.L.

A realidade, foca um dos aspectos mais importantes da vida aqui na Terra: a absoluta dependência e interligação de nossa linda casa, o planeta azul que nos nutre e hospeda, com o Sol.Escolhido previamente o tema, qual não foi a preciosa surpresa, ao ler que hoje, 28 de Novembro, o Grupo Google - um dos mais poderosos em termos econômicos, mas sobretudo um dos mais criativos e atuantes em tendências globais de impacto profundo em vários setores, anunciou um projeto RE-C que detonará uma guerra contra o carvão, um dos maiores agentes poluidores da atmosfera; basicamente trata-se de gerar energia elétrica a partir de fontes renováveis e não poluidoras a custo inferior em relação à da eletricidade produzida pela queima do carvão. "O objetivo é realizar 1 gigawatt, para alimentar cerca de 350.000 residências, utilizando energia renovável mais econômica que o carvão dentro de poucos anos e não décadas". Não será este o primeiro projeto do gênero do colosso americano, que já financiou o projeto de carro híbrido de altíssima performance ecológica (3.2 Km/l e redução de 68% das emissões de CO2 com relação a veículos tradicionais...
A pergunta que não quer calar: onde estão os governos? Por que estas iniciativas não são levadas em conta? Por que projetos de longo prazo - mesmo no hemisfério sul - ainda contemplam como fonte de energia petróleo (mesmo que de extremo custo de extração, por ser encontrados a 7000 metros de profundidade) e carvão?
Será que os governos na realidade são escravos dos lobbies das já ultrapassadas fontes de energia?
Será que estes senhores poderosos não conseguem pensar amorosamente nem em seus netos e bisnetos? Sem falar no respeito que devemos aos outros reinos (o vegetal e o animal) que se sacrificam nos fornecendo toda a variedade de alimento e o ar para respirar!?

Por que não vamos nos lembrar um pouco da energia renovável, pensar um pouco mais neste aspecto, disseminar um pouco mais informações que nos permitam viver melhor, respirar ar puro e perceber, sobretudo, que é possível sim garantir a sobrevivência da Humanidade na Terra mesmo que as reservas de petróleo, gás natural e carvão venham a se esgotar.

A quantidade praticamente infinita de energia que o Sol despeja na superfície do globo criando todas as condições aptas à manutenção de vida, movimentando massas de ar em todas as direções, propiciando os perenes ciclos da chuva, pode tranquilamente providenciar também o aquecimento de nossa água, a energia elétrica de nossa residência, escritórios e fabricas... e se depender do Google, alimentar silenciosa e economicamente nossos futuros automóveis...

Bem, usando o Google... encontrei na NET... alguns exemplos maravilhosos, uns já realizados e outros em fase de projeto de viabilidade econômica. Confira, sinta firmeza, perceba o Universo intuindo pessoas criativas em empresas abertas ao novo, desenvolvendo técnicas simples de geração limpa de energia e perca o medo da escassez, dos dias escuros propalados por quem deseja somente exercer o controle sobre nossas mentes... dê uma olhada para estes exemplos que mentes brilhantes têm materializado, mas que - infelizmente - não recebem praticamente divulgação da grande mídia. Seja otimista e espalhe à sua volta, algo importante começará a acontecer. O Universo agradece.

Lunar Power: Em primeiro lugar coloco o projeto realizado no East river em Nova Iorque onde quem governa a geração de energia elétrica limpa e confiável é a poderosa atração da Lua! Quatro turbinas de três pás fixas, fincadas diretamente no fundo do rio - sem obras de engenharia civil! Sim, a irmã Lua que desde sempre gera os precisos e previsíveis ciclos das marés... obviamente presentes em todas as costas banhadas pelo mar e nos estuários dos rios...
Este sistema poderá utilizar a própria correnteza dos rios, que antigamente movia as rodas de moinhos, pra também abastecer de eletricidade (praticamente gratuita após amortizar os dispositivos), inúmeras comunidades ribeirinhas.

Os modernos moinhos de vento: Modernas replicas dos moinhos de vento - no caso trata-se de um projeto realizado nas costas da Holanda (os equipamentos são fincados no fundo do mar para não roubar espaço em terra e também para reduzir os custos de engenharia civil) geram grandíssimas quantidades de energia elétrica... uma única maquina de alta tecnologia pode sustentar com seu suprimento de energia 3000 casas! O total de turbinas, cujas pás medem 90 metros de diâmetro. As 36 máquinas geram energia para mais de 100.000 residências holandesas; lembrando que os invernos rigorosos do lugar exigem grande quantidade de energia adicional para o aquecimento dos locais.

A chaminé do sol: Enviro Mission é o nome do projeto que está sendo realizado na Austrália utilizando a superfície do deserto, 20 Km2 de vidro, uma chaminé de 1000 metros de altura e 32 turbinas, para gerar energia capaz de sustentar uma cidade de um milhão de habitantes, Ao final do link sugerido no titulo tem a possibilidade de assistir a um vídeo de 3 minutos. Vale a pena!

Tambem não podemos nos esquecer da Torre se Sevilha na Espanhã ,o maior da Europa ja em funcionamento gerando energia solar.

As ondas ninando energia elétrica barata: Este projeto Dinamarquês utiliza o movimento das ondas para como que "ninar" um dispositivo eletromagnético flutuante, capaz de gerar 250 KW, o consumo mensal do apartamento onde moro...

Infelizmente torna-se impossível detalhar ou traduzir os textos originais neste espaço reduzido. É claro que muito pouco foi tentado até aqui nesta área e que as possibilidades de sucesso na utilização de recursos naturais são infinitas. Trata-se de uma questão de vontade, de bom senso, de unir forças e de exercer o nosso direito de consumidores, de eleitores, cobrando de nossos governantes as soluções já disponíveis para os futuros projetos que levem em conta definitivamente a responsabilidade com o ser humano e o meio-ambiente. Enormes quantidades de recursos são desperdiçadas no mundo inteiro em produção de armamentos, em guerras inúteis e atividades puramente especulativas que não visam o crescimento da Humanidade como um todo, que conspiram contra a Unidade. Que seja muito bem vindo e que vença - o quanto antes - a turma do Google!


materia recebida de:Tania Nachmanowicz

fonte:Apoio
Postar um comentário