Seguidores

28 de nov de 2007

Energia Solar/Petrobras



Os raios solares são uma fonte de energia intensa, permanente e que não polui o ecossistema. Nos países tropicais, o clima quente e o alto índice de insolação ao longo de todo o ano compõem um quadro altamente favorável ao aproveitamento dessa fonte energética.

A força captada pode ser convertida em energia térmica (usada essencialmente para aquecimento de água) e em energia fotovoltaica (processo em que é transformada em energia elétrica mediante um módulo fotovoltaico, sem dispositivos mecânicos intermediários).


Energia Térmica
Em diversas cidades brasileiras, a energia térmica é usada para aquecimento de água em residências e instalações comerciais. Esta fonte energética é altamente benéfica para a sociedade, pois permite a substituição do uso de chuveiros elétricos.

A Petrobras desenvolve um programa de instalação de unidades termossolares em diversas unidades como refinarias, campos de produção e postos de serviços. Sistemas de aquecimento de água já são utilizados nos banheiros e cozinhas de seis unidades industriais, inclusive no edifício-sede da Companhia, no Rio de Janeiro. A área total dos coletores implantados é de 2.076,4 m2 e o volume de água aquecido chega a 119 mil litros por dia. Com esta iniciativa, a Companhia obtém, anualmente, uma economia de 1.175,1 MWh.


Energia Fotovoltaica
Os sistemas fotovoltaicos também vêm sendo utilizados com sucesso pela Petrobras. Hoje, a Companhia possui uma potência instalada de cerca de 100 kW em painéis fotovoltaicos. É o caso dos equipamentos de monitoramento de pequenas plataformas de produção de petróleo, anteriormente alimentados por geradores a diesel, que exigiam supervisão contínua.

Além disso, a energia solar tem sido utilizada em sistemas de controle e proteção catódica de dutos (que evitam corrosão nas tubulações), no suprimento de energia elétrica para instrumentação e no acionamento automático do sistema de bombeio de petróleo.


A energia solar fotovoltaica é utilizada em nichos onde seu alto custo é compensado pelos benefícios da redução da logística de suprimento de energia, geralmente em locais remotos.

fonte:Petrobras
Postar um comentário