Seguidores

12 de jun de 2009

Ajude a preservar a Amazônia

O governo peruano passou uma legislação quer permitirá a exploração mineral e agrícola em larga escala na Amazônia peruana, contribuindo assim para uma rápida devastação ambiental da região. Os grupos indígenas protestaram pacificamente por dois meses demandando o direito de opinar sobre os decretos que irão impactar dramaticamente a ecologia e os povos nativos da floresta, além de representar um desastre para o clima global. Semana passada o Presidente García reagiu: enviou forças especiais para suprimir os protestos gerando conflitos violentos e chamando os manifestantes de terroristas. Estes grupos indígenas estão na linha de frente da para proteger o planeta. Vamos demonstrar o nosso apoio a eles, levando uma mensagem para o Presidente Alan García (que se preocupa com a sua reputação internacional) para imediatamente acabar com os choques entre policiais e indígenas e abrir um diálogo com as lideranças. Assine a petição global no link – ela será entregue em nosso nome por uma figura política Latino Americana amplamente reconhecida e respeitada: http://www.avaaz.org/po/peru_stop_violenceMais de 70% da Amazônia peruana está agora à disposição da indústria. Gigantes do petróleo e gás como a empresa Anglo-Francesa Perenco e as Norte Americanas Conoco Phillips e Talisman Energy, já pleitearam investimentos de bilhões na região. Está comprovado que estas grandes indústrias extrativistas não trazem nenhum desenvolvimento local aos lugares que exploram, além de ter também baixa preocupação ambiental. Por isso os povos indígenas estão exigindo seu direito legítimo como consultores para a elaboração das novas leis. Por décadas o mundo e os povos indígenas olharam as indústrias extrativistas devastarem a maior floresta do planeta, responsável por guardar os maiores tesouros naturais da humanidade e por limpar a atmosfera do perigoso carbono que está causando o aquecimento global. Os protestos no Peru representam o maior e mais desesperado chamado dos povos indígenas deste país – por isso temos que dar o nosso apoio internacional. Assine a petição e incentive os seus amigos e familiares a assinarem a petição. Só assim poderemos trazer justiça para os povos indígenas e continuar na luta pela preservação da Amazônia. http://www.avaaz.org/po/peru_stop_violenceEm solidariedade, Luis, Paula, Alice, Ricken, Graziela, Ben, Brett, Iain, Pascal, Raj, Taren e toda a equipe Avaaz.AMAZÔNIA BRASILEIRA: esta semana enviamos um alerta pedindo para os nossos membros brasileiros ligarem para o Presidente Lula protestando a MP da Grilagem que irá privatizar 67 milhões de acres da Amazônia. A reação foi surpreendente, mais de 14.000 pessoas ligaram em dois dias! Na quarta-feira o Presidente declarou publicamente que iria vetar as provisões criticadas pela campanha. Parabéns a todos que participaram e vamos continuar na luta! Mais informações sobre a situação no Peru:

Peru suspende decreto que originou mobilização de indígenas:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/06/10/peru-suspende-decreto-que-originou-mobilizacao-de-indigenas-756296945.asp
Indígenas protestam contra repressão violenta no Peru:http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,indigenas-peruanos-bloqueiam-estrada-e-porto-em-ato-contra-repressao,386061,0.htm
Indígenas do Peru seguem com protesto contra leis que tratam da Amazônia. Governo quer negociar em 15 dias:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/06/11/indigenas-do-peru-seguem-com-protesto-contra-leis-que-tratam-da-amazonia-governo-quer-negociar-em-15-dias-756306540.asp
Parlamento do Peru suspende leis que causaram protestos de indígenas:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/06/11/parlamento-do-peru-suspende-leis-que-causaram-protestos-de-indigenas-756298767.asp
Organizações de direitos humanos do Peru pedem que cessem os confrontos entre índios e policiais:http://www.socioambiental.org/nsa/detalhe?id=2899SOBRE A AVAAZ Avaaz.org é uma organização independente sem fins lucrativos que visa garantir a representação dos valores da sociedade civil global na política internacional em questões que vão desde o aquecimento global até a guerra no Iraque e direitos humanos. Avaaz não recebe dinheiro de governos ou empresas e é composta por uma equipe global sediada em Londres, Nova York, Paris, Washington DC, Genebra e Rio de Janeiro. Avaaz significa "voz" em várias línguas européias e asiáticas. Telefone: +1 888 922 8229Você está recebendo esta mensagem porque você assinou "Defenda o Tibete - Apoie o Dalai Lama" no 2008-03-28 usando o email chico.elho@gmail.com. Para garantir que os nossoas alertas cheguem na sua caixa de entrada, porfavor adicione avaaz@avaaz.org na sua lista de endereços. Para mudar o email inscrito, sua língua ou outras informações pessoas, clique aqui:https://secure.avaaz.org/act/index.php?r=profile&user=c08a0836c261eea4d4026126329fae46&lang=po ou clique aqui para remover o seu email da nossa lista.Para entrar em contato com a Avaaz não responda para esse email, escreva para info@avaaz.org. Você pode nos telefonar nos números +1-888-922-8229 (EUA) ou +55 21 2509 0368 (Brasil). Se você tiver problemas técnicos visite http://www.avaaz.org
Postar um comentário