Seguidores

11 de nov de 2008

Nani lança livros com desenhos ecólogicos



O politicamente correto é a censura que não ousa dizer o nome – acusa. – Sou a favor da liberdade total no humor. Reivindicações de guetos, grupelhos e ONGs estão matando o humor, que deve servir de alerta. Graças a ele, pode-se tomar conhecimento das mazelas, rindo ao mesmo tempo em que se recebe a mensagem.
A ação predatória também aparece em A santa de poleiro. Nani reúne típicas narrativas orais do interior, passadas de geração a geração. As histórias revelam o efeito da industrialização no Brasil profundo.
– Os dois livros têm muito em comum. Observam como o capitalismo afetou o ser humano. Em A santa de poleiro mostro como o progresso chegou ao interior. Antes, as pessoas se assustavam com o misticismo. Depois, foi a mística do progresso que começou a assustar.
Postar um comentário