Seguidores

8 de out de 2008

Pinguins pegam carona de volta no navio Oceonográfico



O navio oceanográfico Ary Rongel partiu nesta terça-feira do Rio de Janeiro para a 27ª edição da Operação Antártica (Operantar) levando, 31 pingüins resgatados das prais do estado. Também seguem para o continente gelado 78 tripulantes e 27 pesquisadores de universidades brasileiras e convidados.

Esta é a primeira vez que as aves pegam carona para voltar para casa no Ary Rongel, já que a viagem de volta - quando eles eram encontrados fora de seu habitat - era feita, até o ano passado, em aviões da Força Aérea Brasileira.
Os pingüins estavam em tratamento no Jardim Zoológico de Niterói e, primeiro, passarão pelo Centro de Tratamento de Animais Marinhos da Universidade do Rio Grande, no Rio Grande do Sul, onde passarão por nova avaliação, para depois serem levados de volta para a Patagônia, no sul da Argentina, de onde vieram trazidos por correntes marítimas.

Segundo o Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros do estado, as praias do Rio receberam mais de 500 pinguins, um número recorde, mas a maioria morreu devido às más condições físicas.

O Ary Rongel deve chegar ao porto de Rio Grande (RS) no próximo dia 10. Depois de desembarcar os pingüins, o “Gigante Vermelho”, como é chamado, receberá mais uma carga de equipamentos e alimentos para serem levadas para a Estação Antártica Comandante Ferraz. Dali, a partida está prevista para o dia 12 de outubro
Postar um comentário