Seguidores

20 de fev de 2008

Projeto preserva quelônios do rio Oiapoque no Amapá


tracaja

MACAPÁ - Um projeto que nasceu da parceria entre o IBAMA e uma ONG está repovoando o rio Oiapoque, no Amapá, com quelônios da espécie Pedoquimenes Unifilis, conhecido como tracajá. Os ovos são recolhidos no alto do rio e trazidos para uma incubadora onde ficam até a fase de eclosão.Na incubadora os ovos são novamente enterrados e tem um acompanhamento diário de um técnico do IBAMA. Após 50 dias quando começa a eclosão, os tracajás são levados para um tanque onde ficam por quatro meses até serem devolvidos a natureza.Além de preservar a natureza, um outro objetivo do projeto, que conta com apoio do Banco do Brasil, é levar as informações às escolas. Na natureza, a cada mil ovos, apenas um chaga a idade adulta. A espécie é ameaçada por predadores naturais e pela a ação do homem.
Postar um comentário