Seguidores

24 de jan de 2008

Parlamentares visitam estação brasileira na Antártida


Uma comitiva formada por 13 deputados federais e 1 senador participa nesta semana de expedição oficial para acompanhar o trabalho da Marinha na Estação Antártica Comandante Ferraz. A estação é a sede das atividades brasileiras na Antártida, onde são desenvolvidas pesquisas no âmbito do Programa Antártico Brasileiro (Proantar).

A viagem foi feita por convite da Marinha com o objetivo de incentivar a troca de informações entre pesquisadores e o apoio logístico à estação. A missão oficial começou ontem e vai até domingo (27).

Um dos integrantes da delegação, o 2º vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara, deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), ressalta que o Brasil ocupa posição de destaque nas pesquisas sobre o continente antártico. Tripoli afirma que o Proantar é estratégico e, por isso, necessita de apoio sistemático do governo brasileiro.

A estação dispõe de quatro refúgios - edificações tipo contêineres - distribuídos pelas ilhas Elefante, Nelson e Rei George (arquipélago das Shetlands do Sul) e a bordo do navio de apoio oceanográfico Ary Rongel. Nesses locais, são desenvolvidas pesquisas relacionadas a temas como meteorologia, correntes marinhas, derretimento das geleiras e buraco na camada de ozônio.

Aviões da FAB
A viagem ocorre por ocasião do 5º vôo de apoio à Operação Antártica, realizado com aeronaves Hércules C-130, da Força Aérea Brasileira (FAB). Os aviões saíram do Rio de Janeiro com destino à base aérea chilena Presidente Eduardo Frei, situada da Ilha Rei George (Antártida). A comitiva também fez escalas em Pelotas (RS), Trelew (Argentina) e Punta Arenas (Chile).
Postar um comentário