Seguidores

11 de jan de 2008

Energia solar chegou às Ilhas Berlengas



A primeira fase de instalação de painéis solares nas casas dos pescadores das Berlengas terminou no passado fim-de-semana. É mais um passo na preservação ambiental.
Acabar de vez com a produção de energia eléctrica através dos poluentes geradores a diesel, existentes na ilha há décadas, é o objectivo, a médio prazo, do projecto “Berlenga – Laboratório de Sustentabilidade”. Para que a meta traçada seja atingida, foram instalados, no passado fim-de-semana, os primeiros painéis solares nos telhados de algumas pequenas casas de pescadores, embora nenhuma delas – com excepção da do faroleiro – sejam habitadas em permanência.
A entrada em funcionamento do sistema piloto de produção de energia eléctrica a partir de fontes renováveis – energia solar fotovoltaica – permitirá o fornecimento imediato e durante 24 horas por dia a algumas habitações da Ilha da Berlenga. Por outro lado, o novo equipamento permite diminuir a emissão de gases com efeito de estufa, contribuindo para a sustentabilidade do património único da Ilha da Berlenga, uma das maravilhas da natureza nacionais, candidata a Património Biogenético.
A instalação deste sistema piloto resultou do primeiro contributo efectivo de alguns parceiros deste projecto, nomeadamente a EDP – Energias de Portugal, a Marinha Portuguesa – Direcção de Faróis, a EFACEC e a Câmara Municipal de Peniche.
O projecto “Berlenga – Laboratório de Sustentabilidade”, “inovador e inédito no panorama nacional”, segundo a autarquia, pretende ainda implementar, num futuro próximo, soluções tecnológicas para o tratamento de águas residuais, de resíduos sólidos e de produção de água potável.
Segundo a Câmara Municipal de Peniche, a execução do empreendimento envolve parcerias de diversas empresas e instituições nacionais e internacionais, incluindo o Centro para a Prevenção da Poluição (C3P) e o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB), para além da colaboração internacional da prestigiada agência NASA – National Aeronautics and Space Administration, sediada nos Estados Unidos da América.

fonte:Asbeirasonline
Postar um comentário