Seguidores

11 de dez de 2007

Aquecimento global ameaça pingüins da Antártica


As quatro principais espécies de pingüim que vivem na Antártica estão ameaçadas de extinção por causa do aquecimento global, advertiu nesta terça-feira em Bali o Fundo Mundial para a Natureza (WWF).
Os pingüins Adelia, cuja população total já registrou queda de 65%, sofrem um dramático declive, explicou Anna Reynolds, diretora do WWF, durante a apresentação do relatório na conferência sobre a mudança climática de Bali (Indonésia).
O aquecimento é cinco vezes mais rápido na Antártica que no restante do planeta. Isto se traduz, paradoxalmente, em avalanches de neve mais abundantes que prejudicam o modo de vida do pingüim Adelia.
O número de pingüins do tipo Imperador caiu de forma alarmante, quase 50%, principalmente porque a camada de gelo perde extensão e espessura.
Quanto aos pingüins Yugular, a população registrou queda de 30 a 60%.
Também os Gentoos sofrem com os efeitos da mudança climática, além da redução do pescado para sua alimentação.



fonte:google
Postar um comentário