Seguidores

7 de nov de 2007

Exemplos para serem seguidos

Até que enfim: embalagens de agrotóxicos não serão mais jogadas no meio ambiente no Acre

Apartir de segunda-feira as embalagens de agrotóxicos usados no Acre não serão mais jogadas no meio ambiente. Elas serão recolhidas pela central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas do estado e encaminhadas para um centro de reciclagem em São Paulo.
O destino certo para os frascos considerados prejudiciais à saúde humana e o meio ambiente só será possível devido a inauguração da central de recebimento, ocorrida nesta terça-feira em Rio Branco. A entidade é uma espécie de micro-empresa particular que dispõe de equipamentos para limpar as embalagens e vai se encarregar da coleta do material junto aos produtores rurais.

O sistema de recolhimento das embalagens vai começar nas lojas de venda de produtos agrícolas. “Quando se tratar de uma embalagem que não deve ser reaproveitada para outros fins, o próprio vendedor já recomenda a devolução do frasco na central de recebimento, localizada no distrito industrial de Rio Branco”, explica o gerente da central, Edson Gomes.

Paralelo a isso a própria entidade vai lançar na próxima semana uma campanha de conscientização sobre os danos que esse tipo de lixo causa ao meio ambiente para conscientizar o produtor a dá o destino certo às embalagens. A idéia conta com o apoio da promotora do meio ambiente Meyre Cristina, que fez questão de participar do ato de inauguração da central. “Agora sabemos que materiais considerados pelos próprios fabricantes como produtos prejudiciais ao meio ambiente terão o destino certo no Acre. Isso deixa todo mundo contente”, declarou a promotora de justiça.

A central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas do Acre vai recolher, anualmente, cerca de 25 toneladas de lixo tóxico que entes era jogado na natureza, levando risco à saúde humana e agredindo a natureza.
fonte:Noticias da hora

Postar um comentário