Seguidores

23 de nov de 2007

Concentração de dióxido de carbono na atmosfera chega a nível recorde



A concentração de dióxido de carbono (CO2), um dos gases culpados pelo efeito estufa, na atmosfera terrestre alcançou em 2006 um nível nunca registrado antes, informou hoje a Organização Meteorológica Mundial (OMM).
Segundo o "Boletim sobre os gases do efeito estufa" publicado hoje, o nível em 2006 de CO2 foi de 381,2 partes por milhão, o que representa 0,53% a mais que em 2005.

Os números se baseiam nas observações feitas através da Rede Mundial de Vigilância do dióxido de carbono e do metano, outro gás que provoca o efeito estufa e, portanto, a mudança climática, estabelecida pela OMM.

O dióxido de carbono, o metano (CH4) e o óxido nitroso (N2O) são os três gases do efeito estufa que são abundantes na atmosfera terrestre.

A concentração do óxido nitroso também alcançou valores recordes em 2006, para 320,1 partes por milhão.

Segundo a OMM, a concentração de CO2 e de óxido nitroso na atmosfera terrestre aumentou em 36% desde a era pré-industrial, no final do século XVIII.

Grande parte deste aumento é por causa das emissões relacionadas à queima de combustíveis fósseis.
fonte: yahoo
Postar um comentário